NOTÍCIAS POLÍTICA

Ucrânia acusa Lula de fazer propaganda da Rússia durante a guerra

Por sou curitiba

26/07/2022 às 09:18:39 - Atualizado há
Foto: Evaristo Sa/AFP

Ex-presidente declarou à revista americana "Times" que Zelensky era tão culpado quanto Putin pelo conflito no Leste Europeu

A Ucrânia acusou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de fazer propaganda da Rússia na guerra e o incluiu em uma lista de "oradores que promovem narrativas de propaganda russa".

A acusação foi divulgada por meio do site do Centro para Contenção de Desinformação, uma entidade criada por Volodymyr Zelensky em 2021 e que integra a guerra de informação entre Rússia e Ucrânia, tendo como base o que Kiev considera como fake news e manipulação do Kremlin.

Lula é o único brasileiro que integra a lista, e as razões que fizeram com que ele entrasse nela foram: ter dito durante uma entrevista a revista americana Times que Zelensky era tão culpando quando Vladimir Putin pela guerra: "Fico vendo o presidente da Ucrânia na televisão como se estivesse festejando, sendo aplaudido em pé por todos os parlamentos, sabe? Esse cara é tão responsável quanto o Putin. Ele é tão responsável quanto o Putin. Porque numa guerra não tem apenas um culpado", e ter dito que a Rússia deveria liderar uma nova ordem mundial.

Quanto a essa declaração, não há evidências, o que pode ser encontrado são falas onde o ex-presidente fala sobre a ideia de uma diplomacia dominada pelos EUA e Europa. Ao todo, a "lista de Zelensky", conta com 78 pessoas, sendo que 30 delas são americanas.


Fonte: Jovem Pan
Comunicar erro
Sou Curitiba

© 2022 - Sou Curitiba - O Portal de notícias mais completo do Paraná, elaborado por curitibanos. Últimas notícias de Curitiba, do Paraná, do Brasil e do Mundo em suas mãos.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Sou Curitiba