POL√ćTICA

Ministro culpa "fake news" por desaprovação de cristãos a Lula

Por sou curitiba

17/04/2024 às 12:58:55 - Atualizado h√°
Foto: Ricardo Stuckert/PR

O ministro de Lula, Wellington Dias, do Ministério do Desenvolvimento Social, Família e Combate à Fome, afirmou que a diminuição do apoio ao presidente petista Luiz In√°cio Lula da Silva no segmento evangélico est√° relacionada à disseminação de informações falsas. Entre os boatos mencionados estão o fechamento de igrejas e a implementação de banheiros unissex em escolas.

"Se alguém diz que não apoia [o governo Lula] porque o governo est√° fechando igrejas, isso é uma mentira e vamos ter que esclarecer. Se ela diz que não apoia porque o governo est√° tratando de banheiro unissex nas escolas, isso é mentira. Ou seja: temos que trazer a verdade para cada segmento", afirmou o ministro de Lula em entrevista à BBC Brasil.

Dias também admitiu que os coment√°rios de Lula sobre o conflito entre Israel e o grupo terrorista Hamas podem ter afetado sua imagem junto ao eleitorado cristão. Ele, porém, defendeu o chefe do Executivo e disse que h√° uma grande distorção das palavras do presidente petista.

"Nós tivemos essa situação da guerra na Faixa de Gaza em que fizeram v√°rias interpretações sobre a posição do presidente Lula, que é uma posição do Brasil. O Brasil defende a paz, defende que se tenha uma trégua, porque ali tem crianças, idosos, pessoas com defici√™ncia, pessoas que não t√™m nada a ver com a guerra e que estão passando fome e que precisam ser atendidas. E o Brasil não vai abrir mão desta posição", comentou.

Respons√°vel por ações como Bolsa Família, o ministro de Lula disse também que o governo conquistar√° os evangélicos com programas sociais.

"De um lado, é preciso trabalhar uma coisa que o governo j√° faz que é respeitar as igrejas, respeitar a liberdade religiosa de qualquer denominação. Do outro, é preciso trabalhar com as lideranças com base nas necessidades do povo. H√° evangélicos passando fome e precisamos trabalhar eles e com as entidades para que elas nos ajudem a chegar a essas pessoas". completou.


entreparagrafos








































Fonte: Pleno.news
Comunicar erro
Sou Curitiba

© 2024 - Sou Curitiba - O portal de notícias que mostra o outro lado da política. Informação na palma da mão!
Todos os direitos reservados - Proibida a cópia integral ou parcial do conteúdo sem autorização.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Sou Curitiba