POL√ćTICA

Lula chama de "falecimento" o assassinato de refém brasileiro pelos terroristas do Hamas

Por sou curitiba

04/06/2024 às 12:49:35 - Atualizado h√°
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente petista Luiz In√°cio Lula da Silva relativizou o assassinato do brasileiro Michel Nisenbaum, sequestrado e mantido refém pelos terroristas palestinos do Hamas na Faixa de Gaza, em declaração na segunda-feira (03/06), cerca de 10 dias após a confirmação da morte dele. O petista usou a palavra "falecimento" para descrever o assassinato.

"Foi com grande pesar que recebemos a notícia do falecimento do brasileiro Michel Nisenbaum", disse Lula em coletiva de imprensa durante visita à Cro√°cia.

"A violação cotidiana do direito humanit√°rio é chocante e tem vitimado milhares de civis e inocentes, sobretudo mulheres e crianças", acrescentou o petista, comparando os assassinatos de reféns pelo Hamas às mortes acidentais de civis durante operações militares israelenses em Gaza.

O presidente petista também defendeu o reconhecimento do Estado da Palestina por Espanha, Noruega e Irlanda, concluído em maio. O Brasil mantém relações diplom√°ticas com os palestinos desde 2010, iniciadas no 2¬ļ mandato de Lula.


entreparagrafos











































Fonte: Gazeta Brasil
Comunicar erro
Sou Curitiba

© 2024 - Sou Curitiba - O portal de notícias que mostra o outro lado da política. Informação na palma da mão!
Todos os direitos reservados - Proibida a cópia integral ou parcial do conteúdo sem autorização.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Sou Curitiba