POL√ćTICA

Lula critica greve em universidades federais: "Não há razão para durar o que está durando"

Por sou curitiba

10/06/2024 às 16:43:59 - Atualizado h√°
Foto: Ricardo Stuckert/PR

O presidente petista Luiz In√°cio Lula da Silva criticou nesta segunda-feira (10/06) a greve de professores e servidores administrativos em universidades federais, classificando-a como desnecess√°ria e prejudicial aos estudantes.

"Eu acho que, nesse caso da educação, se voc√™s analisarem o conjunto da obra, voc√™s vão perceber que não h√° muita razão para esta greve durar o que est√° durando", disse Lula em reunião com reitores de universidades e institutos federais. "Porque quem t√° perdendo não é o Lula, não é o reitor, são os estudantes brasileiros. Os alunos estão à espera de voltar à sala de aula", completou.

O presidente, que tem experi√™ncia como sindicalista, cobrou flexibilidade dos dirigentes do movimento grevista. "Ele [o organizador da greve] tem que ter coragem de tomar decisões que muitas vezes não é o tudo ou nada que ele apegou. Eu sou um dirigente sindical que nasceu no tudo ou nada. É 100% ou é nada [¬Ö] Muitas vezes, eu fiquei com nada", ponderou Lula.

"O montante de recurso que a companheira Esther [Dweck, ministra Gestão e Inovação em Serviços Públicos] colocou à disposição é um montante de recursos não recus√°vel. Eu só quero que levem isso em conta", pediu o presidente aos sindicalistas da educação.


entreparagrafos


















































Fonte: Gazeta Brasil
Comunicar erro
Sou Curitiba

© 2024 - Sou Curitiba - O portal de notícias que mostra o outro lado da política. Informação na palma da mão!
Todos os direitos reservados - Proibida a cópia integral ou parcial do conteúdo sem autorização.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Sou Curitiba