POL√ćTICA

Pacheco: "Quem ataca o STF precisa sair da rede social e trabalhar"

Por sou curitiba

28/06/2024 às 11:35:37 - Atualizado h√°
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Na quinta-feira (27/06), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), repudiou críticas feitas contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). A fala foi feita em Belo Horizonte após participar de uma reunião com o presidente da Assembleia de Minas Gerais, Tadeu Leite (MDB).

Ao comentar sobre o julgamento que descriminalizou o porte de maconha para usu√°rios, Pacheco afirmou que discorda da decisão, mas aproveitou para criticar quem faz "agressões" contra o Judici√°rio.

"Tenho minhas críticas e minhas iniciativas para poder rever e reequilibrar os Poderes, mas nada de agressão. Os que acham que agredir ministros do Supremo, pregar impeachment de ministro do Supremo, que nunca houve inclusive na história do Brasil, que isso vai ser solução do problema? Não. D√™ lugar ao di√°logo, ao respeito, ao trabalho que vai ser muito melhor", disse Pacheco.

O presidente do Senado ainda disse que quem "ataca" o STF precisa "sair da rede social e trabalhar": "Não podemos permitir que o Brasil vire um palco de agressões entre instituições e verborragia. Eu recomendo que essas pessoas que ficam em rede social o tempo inteiro agredindo umas as outras deem lugar ao respeito e deem lugar ao trabalho".

"Inclusive políticos que ficam o tempo inteiro em rede social, saia da rede social, v√° trabalhar, v√° discutir desoneração, v√° discutir dívida dos estados, v√° Reforma Tribut√°ria, v√° discutir política habitacional, v√° discutir política ambiental. V√° aprofundar, v√° apresentar projeto, v√° relatar projeto e pare de agredir os outros em rede social", completou Pacheco.


entreparagrafos














































Fonte: Gazeta Brasil
Comunicar erro
Sou Curitiba

© 2024 - Sou Curitiba - O portal de notícias que mostra o outro lado da política. Informação na palma da mão!
Todos os direitos reservados - Proibida a cópia integral ou parcial do conteúdo sem autorização.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Sou Curitiba